Em dia de apresentação oficial, o técnico português lançou um desafio aos adeptos: estádio cheio na recepção ao Marítimo no próximo domingo.

O técnico português, José Peseiro que representava o Al Ahly, chega ao Porto com uma vasta experiência e consciente do trabalho que tem pela frente, num altura difícil fruto dos últimos resultados: “sei da exigência e da responsabilidade de ser treinador do Porto, que nos últimos 30 anos tem dominado o futebol português”, começou por afirmar. Com um discurso tranquilo e realista, Peseiro não perdeu a oportunidade para motivar o grupo de trabalho, ao referir que sabe com o que conta: “sei que tenho um grupo de jogadores de grande qualidade…”, e quando confrontado com a possibilidade da entrada de reforços de inverno o técnico não abriu o jogo, uma vez que “as conversas que tem sobre esse ponto será com o Presidente e a Administração”, assegurou.

José Peseirto chega ao FC Porto com 55 anos e com vontade de conquistar títulos
José Peseiro chega ao FC Porto com 55 anos

Durante a manhã o novo técnico azul-e-branco esteve a trabalhar no Olival já com o intuito de preparar os jogadores, que sentiu “muito entusiasmados e com grande disponibilidade”, para o embate com o Marítimo referente à 19.ª jornada da Liga NOS, estando a equipa totalmente focada nessa partida: “O jogo com o Marítimo é importante para nós, é a etapa mais importante neste momento”, adiantando que vem “com as minhas ideias” e que pretende “um jogador activo e não uma marioneta”.

Peseiro deixa pedido aos adeptos

Ainda na apresentação, Peseiro fez questão de falar para todos os portistas, aproveitando a ocasião para lançar um desafio: “é o momento, e eles(adeptos) sabem disso, porque tem sido sempre o décimo segundo jogador, precisamos deles, precisamos do estádio cheio e precisamos de estar mais unidos do que nunca”, referiu, num claro apelo à união da família portista.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.