A jovem revelação do ciclo olímpico Rio 2016, carimbou esta semana o passaporte para os Jogos Olímpicos.

Filipa Martins está apurada para os Jogos Olímpicos (JO) Rio 2016, resultado de um percurso de muito empenho e sucessos que datam de 2013, quando a atleta fez história ao ser a primeira ginasta sénior nacional a alcançar o apuramento para uma final de all around, no Campeonato da Europa de Ginástica Artística que teve lugar em Moscovo, onde atingiu a 15ª posição.

Também 2014 ficou marcado na história quando se destacou como a primeira ginasta nacional da história a apurar-se para a final de all around de um Campeonato do Mundo de Ginástica Artística, na China, onde conquistou o 16º lugar entre 24 finalistas.

Do seu curriculum fazem parte vitórias como o circuito de Taças do Mundo FIG de Paralelas Assimétricas, duas medalhas conquistadas na Taça do Mundo de Medellin, três medalhas conquistadas em Anadia em 2014, uma de ouro, outra de prata e outra de bronze. Já em 2015 deu mais alguns passos em direção aos JO ao conquistar duas medalhas de bronze na Taça do Mundo de Cottbus, uma medalha de prata na Taça do Mundo de Ginástica Artística, em Anadia, e a medalha de bronze na Trave na  28ª edição das Universidades de Verão que decorreram, na Coreia do Sul.

“Nunca sabemos se é possível ou não chegar ao apuramento para os jogos”

Filipa Martins é a grande revelação do ciclo olímpico Rio2016
Filipa Martins é a grande revelação do ciclo olímpico Rio2016

Com os JO no horizonte a atleta teve sempre plena noção que a sua prioridade “era atingir os objetivos dos treinos diários e conquistar este sonho para o meu futuro!”

Nos últimos dois anos a ginasta trabalhou diariamente e etapa a etapa para o apuramento que nunca deu como garantido, tal como relatou ao iPressGlobal: “Nunca sabemos se é possível ou não chegar ao apuramento para os jogos, apesar de saber que estava ao meu alcance conseguir esse objetivo, no entanto depois da competição senti que o meu objetivo foi cumprido!”.

Atingido a primeira parte desta conquista, Filipa garante que tem em si “um misto de sentimentos” com a certeza de que esta “será uma nova experiência que vai ser aproveitada ao máximo!”

Ao iPressGlobal, Filipa falou ainda dos seus objetivos quanto a esta participação, de forma consciente revelou “se realizar uma prova, e for uma prova limpa já sinto que o meu objetivo foi cumprido”, quanto à conquista de um lugar no pódio, Filipa assume que “nunca se rejeita a possibilidade da medalha!”.

O empenho e o trabalho diário, adivinham um excelente desempenho de Filipa Martins no Rio 2016. Portugal e os amantes da ginástica, depositam nesta atleta a esperança de a ver subir ao pódio, o que seria um feito notável para a ginástica portuguesa e para a atleta do Sport Clube do Porto.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.