A Associação das Cidades Europeias do Desporto (ACES Europe) elegeu esta quarta-feira Gondomar como Cidade Europeia do Desporto 2017, sucedendo assim a Setúbal, cidade selecionada para 2016.

O concelho de Gondomar no distrito do Porto, concorreu a Cidade Europeia do Desporto a par com a cidade de Coimbra, algo que ainda não tinha acontecido em Portugal, saindo “vencedora”.
Gondomar formalizou a sua candidatura junto da ACES, a 27 de novembro, com um programa que inclui uma enorme diversidade de iniciativas e do qual fazem parte eventos desportivos de dezenas de modalidades, provas nacionais e internacionais, ações científicas e académicas, congressos e seminários.

A autarquia justifica esta candidatura com a existência de 150 associações desportivas no concelho, num total de 7 mil atletas federados e mais de 73 mil cidadãos inscritos ou associados a um grupo desportivo. Para além deste aspeto, Gondomar é rico em equipamentos desportivos de qualidade como: 17 campos de futebol, os 12 pavilhões municipais e 5 gimnodesportivos, 4 courts de ténis, 1 centro de alto rendimento de desportos náuticos e 5 ginásios de fitness, para além do Complexo Desportivo de Valbom e o Pavilhão Multiusos, o que se revela uma mais valia.

Assim a ACES Europe define Gondomar como “um bom exemplo de desporto para todos como instrumento de saúde, integração e educação”, fazendo todo o sentido ser eleito como Capital Europeia do Desporto.

Para Marco Martins, autarca de Gondomar, esta candidatura é o resultado de muito trabalho e espera “que ser CED seja uma oportunidade de promover o concelho, promover e afirmar ainda mais Gondomar”, afirmando ainda que “Este projeto é de todos e para todos”.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.