Quando faltam exatamente duas semanas para o rio Douro se estrear como palco do Grande Prémio de Portugal de F1 em Motonáutica, está já confirmado que a jornada do Porto será a mais participada, tendo já assegurada a presença de 28 pilotos em representação de 14 nacionalidades.

O Grande Prémio de Portugal, que se disputará nas águas do Rio Douro entre o Edifício da Alfândega e a Ponte Luís I, regressa em 2015 ao calendário da União Internacional de Motonáutica após quatro anos de ausência e depois de 13 edições consecutivas em Portimão, entre 1999 e 2011. Confirmando a enorme expetativa que a prova portuguesa está a gerar junto dos competidores internacionais e das suas comitivas, foram já reservados mais de 900 quartos nas cidades do Porto e de Gaia, com estadias que em alguns casos se vão prolongar por duas semanas.

O evento, que promete atrair milhares de espetadores às margens do Douro, será a terceira de oito etapas do calendário de 2015 – o maior desde 2010 – seguindo-se às provas de Doha (Qatar) e Evian (França) e antecedendo a dupla jornada na China.

Duarte Benavente será o único piloto português em prova

Abu-Dhabi2-2012As atenções do público vão estar certamente voltadas para Duarte Benavente, o português que desde 1999 tem marcado presença regular neste campeonato, representando o F1 Atlantic Team. Já com 131 grandes prémios disputados e cinco pódios conquistados, Duarte Benavente é um dos pilotos mais experientes do pelotão, tendo sido 7º classificado no último Campeonato.

Determinante no regresso do Grande Prémio de Portugal ao calendário da União Internacional de Motonáutica, o piloto português não tem dúvidas que o Douro é o cenário ideal para a realização desta prova: “O rio Douro tem condições fantásticas para a prática desta disciplina, quer ao nível do plano de água, quer ao nível do desenho da pista e proximidade com o público em ambas as margens. Pessoalmente, este é o meu sonho para disputar esta prova”.

O programa do Grande Prémio de Portugal está também já definido. O primeiro dia será reservado às obrigatórias verificações técnicas e administrativas, estando já prevista a realização de uma primeira sessão de treinos livres a partir das 15h00 de sexta-feira, 31 de julho. No sábado, há lugar a nova sessão de treinos livres e qualificação para a definição da grelha de partida. Ainda no sábado, será disputada a primeira de duas corridas da Fórmula 4, com início às 16h00. O ponto alto está reservado para domingo, com a segunda corrida da F4 e o Grande Prémio de Portugal em F1, com início agendado para as 17h15.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.