A Grécia terá de abandonar a Zona Euro mais cedo ou mais tarde, afirmou este domingo o ex-diretor da Reserva Federal, o banco central norte-americano, Alan Greenspan.

“É uma crise e não a vejo a ser resolvida facilmente, de facto não imagino que se resolva sem que a Grécia abandone a zona euro”, afirmou o ex-responsável pela Reserva Federal dos Estados Unidos, em declarações à BBC Radio. Alan Greenspan não acredita que “ajude os gregos estarem na Zona Euro”, e considera que “é uma questão de tempo antes que toda a gente se aperceba que a saída é a melhor estratégia”.

O novo governo grego, liderado pelo primeiro-ministro Alexis Tsipras, do partido de esquerda radical Syriza, foi eleito em janeiro. O programa de ajuda externa à Grécia termina no final do mês e, até lá, tem de ser encontrada uma solução para que o país não entre em falência.

in Correio da Manhã
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.