As chaves sem fios podem ser bastante convenientes para se poder entrar num automóvel sem se ter que carregar em qualquer botão, mas também podem abrir as portas – literalmente – aos ladrões.

 O sistema apresentado por um grupo de hackers chineses não é propriamente novo, mas continua a impressionar pela simplicidade com que permite entrar ou até roubar veículos topo de gama que se pensaria usarem os mais avançados sistemas de segurança.

A simplicidade recai sobre o facto de os hackers nem sequer se darem ao trabalho de tentar crackar o sistema wireless das chaves, mas simplesmente recorrerem a um sistema de retransmissão que, para todos os efeitos, actua como amplificador permitindo manter a comunicação entre a chave e o automóvel a dezenas ou centenas de metros.

Tradicionalmente, estas chaves só funcionam numa proximidade bastante reduzida, mas recorrendo-se a estes módulos retransmissores, esse alcance é alargado substancialmente.

Basta então que os ladrões mantenham alguém perto da pessoa com a chave do veículo (enquanto vai a uma loja, por exemplo) e outro perto do veículo, que poderá entrar e colocar o carro em funcionamento.

Mesmo que depois o carro se comece a queixar de que a chave não está por perto, continuará a circular por motivos de segurança, permitindo que os ladrões conduzam até que se acabe o combustível.

Segundo o grupo de hackers, o hardware necessário para realizar este tipo de ataques é ridiculamente baixo, cerca de 20 dólares, pelo que não será de admirar se em breve começarem a aumentar os roubos de veículos por este método.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.