FOTO: PPlWare.sapo.pt / /

Os últimos meses têm trazido problemas sérios no campo da segurança para a Internet. Mais do que combater os cenários de guerra, vários grupos têm conseguido, com um sucesso elevado, aceder a sistemas e roubar dados sensíveis.

A mais recente vítima parece ter sido a gigante Samsung, de onde se pensa terem sido roubados dados sensíveis. O volume é elevado, 190 GB, e focado em código essencial de apps e sistemas que os equipamentos da marca usam.

Segurança da Samsung comprometida
Os ataques mais recentes têm colocado as empresas de muitas áreas em alerta máximo. De forma muito subtil os atacantes entram nos sistemas e conseguem roubar volumes de dados muito grandes e comprometer serviços e infraestruturas críticas.

A Samsung é a mais recente vítima, a fazer fé numa informação partilhada pelo conhecido grupo Lapsus$. Este terá conseguido roubar dados da empresa coreana e está agora a mostrar o resultado das suas ações.

Lapsus$ terá roubado 190 GB de dados
Do que pode ser visto na informação partilhada, terá sido roubado o código referente a várias áreas da empresa, algum muito sensível. Para além do código do bootloader dos smartphones da marca, há ainda o código de muitos sistemas de autenticação biométrica e criptografia nos dispositivos.

Caso se confirme que este código afeta estas áreas, a Samsung poderá ter em mãos um problema sério. A segurança dos equipamentos poderá ser comprometida ao ser possível simular estes sistemas de autenticação ou reverter a sua estrutura por hackers.

Código de sistemas sensíveis comprometido
A Samsung estará já a avaliar esta situação e a tentar perceber se os 190 GB que circulam na Internet, partilhados pelo grupo Lapsus$, são mesmo dos seus sistemas. Sabe-se também que podem ter sido roubados dados sensíveis e informação confidencial da Qualcomm.

O grupo que realizou mais este ataque é bem conhecido dos portugueses, por terem sido os responsáveis pelos problemas de segurança nos sites do Expresso e da SIC Notícias. Recentemente foram também os autores do ataque à NVIDIA, de onde terão sido roubados mais de 1 TB de dados confidenciais.

in PPlWare

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui