Em Portugal são cerca de 13 mil os doentes que vivem lado a lado com a hepatite C, muitos deles apenas terão sucesso se tratados com recurso aos fármacos inovadores como o Sovaldi ou o Harvoni. O acordo entre governo e farmacêutica foi finalmente alcançado, espera-se agora que quem já não tem tempo para esperar tenha acesso a ele.

A luta entre governo e farmacêutica demorou demasiado tempo, o alarme social surgiu quando se soube da morte de Maria Manuela Ramalho de 51 anos, que terá sido infetada com uma transfusão de sangue, durante uma cirurgia, realizada pelo Sistema Nacional de Saúde e pela indignação dos rosto desta doença, que enfrentaram o medo da rejeição e falaram do seu sofrimento.

No dia 6 de fevereiro, o Ministério da Saúde anunciou o acordo com a farmacêutica Gilead, estando disponível o tratamento desde o final do dia 17 de fevereiro, para todos os pacientes que necessitem dele. Com este acordo surgem novas regras, caberá aos médicos introduzirem as informações sobre os doentes no portal da hepatite C, sendo que as comissões de farmácia dos hospitais têm um prazo de cinco dias para analisar e responder ao pedido, diminuindo o tempo de espera dos doentes.

O Ministério da Saúde afirma que esta nova estratégia para a hepatite C faz com que Portugal tenha acesso ao melhor tratamento disponível a nível mundial, para todos os pacientes e não apenas para os que se encontram em estádios mais avançados da doença.

De momento existem mais de 13 mil doentes com Hepatite C no país, no último trimestre do ano passado, 600 paciente começaram o tratamento com recurso aos fármacos inovadores, dos quais 44 já tiveram alta por a doença ter entrado em remissão, tal como afirmou Eurico Castro Alves, presidente do Infarmed “Temos já mais de 600 doentes a fazer tratamento efetivamente e muitos deles com o medicamento inovador. E do grupo dos inovadores temos já 44 doentes que saíram do sistema por estarem considerados curados”.

Resta agora aguardar que estas novas regras, na aplicação da terapêutica a estes doentes, seja rápida e eficiente.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.