O ator Raul Solnado, falecido em 2009, é homenageado a partir desta sexta-feira, em Lisboa, na Casa do Artista, com uma exposição evocativa e a subida à cena da peça “Há petróleo no Beato”.

Trata-se de uma iniciativa da Companhia Profissional de Teatro – Forever Mesmo Teatro que apresenta, no Teatro Armando Cortez, daquela instituição, a peça que foi um sucesso, na década de 1980, protagonizada por Solnado, que integrou também a equipa de autores ao lado de Júlio César, Francisco Mata e Gonçalves Preto.

A peça, encenada por Manuela Passarinho, estará em cartaz até ao dia 23, e fazem parte do elenco o locutor Eládio Clímaco e os atores Noémia Costa, Paulo Patrício, Joana França, Filipe Lupach, Miguel Santiago, Filipe Salgueiro, João Duarte, Vitória Sousa e Anita Marques.

A exposição, patente no “foyer” da Casa do Artista, é constituída por fotografias do espólio do Museu Nacional do Teatro e vídeos em que o ator é o protagonista, disse à Lusa fonte do Forever Mesmo Teatro.

NOTICIA LUSA

 

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui