O FC Porto não facilitou e venceu o Sporting por 5-2 em partida da 17.ª jornada do campeonato português da modalidade.

Sem margem para errar, o FC Porto não podia ter começado melhor esta partida: aos 40 segundos Ricardo Barreiros num remate do meio da rua apanhou desprevenida a defesa leonina e abriu o marcador. Com um golo madrugador, a pressão do jogo passou para o lado dos Leões, permitindo à equipa azul-e-branca jogar com maior tranquilidade perante um adversário que até há bem pouco tempo era um dos candidatos ao título. Com um ritmo vivo e intenso, a primeira parte foi bastante disputada, com o Sporting a correr atrás do prejuízo ao mesmo tempo que os Dragões procuravam aumentar a vantagem, o que viria acontecer à passagem do minuto 15, com Ricardo Barreiros a bisar num rápido contra-ataque. A partir desse momento, o FC Porto optou por gerir a bola e o resultado, baixando o ritmo do jogo numa tentativa de adormecer o Leão até ao intervalo.

Mário Tavares - iPressGlobal-5904A segunda metade do encontro iniciou algo sonolenta e apenas animou com o golo do Sporting aos 37 minutos, que reduziu num lance que envolveu o ex-portista Tiago Losna e o capitão leonino Ricardo Figueira, com este a marcar e a relançar a partida. O FC Porto voltou acordar e reagiu de imediato derrubando de vez o Leão com o golo de Hélder Nunes. A superioridade azul-e-branca nunca esteve em causa e foi com naturalidade que a vantagem dilatou até ao 5-1, cabendo ao Sporting marcar o último golo do jogo e fixar o resultado final em 5-2.

Com este resultado, o FC Porto continua a perseguição ao líder Benfica enquanto que o Sporting caiu uma posição, ocupando agora o quinto lugar.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.