Portugal revalidou ontem o título de campeão europeu de hóquei em patins em sub-17, ao empatar 1-1 com a Espanha na última jornada da competição, num jogo muito disputado.

Com muita animação nas bancadas do Pavilhão do Luso, Portugal começou bem e dispôs de algumas oportunidades, mas foram os espanhóis a inaugurar o marcador, a um minuto do fim da primeira parte, por Raul Fernandez.

Na segunda parte, a seleção de Espanha, que precisava de ganhar para se sagrar campeã, entrou muito pressionante e aos 17 minutos atirou uma bola à trave da baliza portuguesa.

O conjunto das “quinas” jogava de igual para igual com o adversário e, aos 23 minutos, o guarda-redes Pol Ferrer cometeu grande penalidade e viu o cartão azul, sendo substituído por Luca Hernandez.

Na conversão, Frederico Neves faz o empate e colocou a assistência em grande euforia.

O jogo entrou numa fase empolgante de parada e resposta e, aos 28 minutos, Portugal teve oportunidade de se adiantar no marcador, na cobrança de um livre direto, mas Hugo Santos não conseguiu bater o guarda-redes espanhol.

Mesmo a jogar com menos um elemento, depois de Pol Molas ver cartão azul, na sequência do lance anterior, a seleção espanhola quase conseguia retirar o título a Portugal, mas o remate de Pol Manrubia acertou no poste e o jogo terminou.

Com o empate, a seleção portuguesa somou com 22 pontos, mais três do que a Espanha, enquanto a França terminou no terceiro posto, com 18, os mesmos que a Itália, quarta.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.