Misturando as emoções do hóquei no gelo com o ski downhill, o Ice Cross Downhill é um dos mais espectaculares desportos de inverno da atualidade. A época deste ano está a aproximar-se do fim e a última etapa promete grandes emoções. Saint Paul (EUA) recebe no fim-de-semana de 26 e 27 de fevereiro, mais de 100 atletas de 20 países, com todas as atenções centradas na luta pelo título.

Considerado um dos mais jovens e emocionantes desportos de Inverno da atualidade, o Ice Cross Downhill nasceu em 2001 e tem vindo nas últimas épocas a ganhar dimensão com o circuito mundial Red Bull Crashed Ice. Ao longo das temporadas assistiu-se a um claro domínio de canadianos, finlandeses, austríacos, suíços e suecos. Este ano há pela primeira vez um americano na luta pelo lugar mais alto do pódio.

O Ice Cross Downhill é um dos mais espectaculares desportos de inverno da atualidade
O Ice Cross Downhill é um dos mais espectaculares desportos de inverno da atualidade

O Ice Cross Downhill é um desporto que reúne tática, capacidade física e alta velocidade numa pista de gelo com cerca de 400 metros de comprimento, repleta de inclinações, curvas apertadas e obstáculos imprevistos. A velocidade vertiginosa leva os atletas a atingir picos de 70 km/hora, num contra-relógio que é na verdade um autêntico mix entre o hóquei no gelo e o ski downhill. Com níveis de popularidade elevados, sobretudo nos países do hemisfério norte, este campeonato do mundo mobiliza já a participação de representantes de 20 nações.

Depois de três etapas emocionantes, a grande final está agendada para o fim-de-semana de 26 e 27 de fevereiro. O canadiano Scott Croxall está em condições de fazer história, se renovar o título mundial, mas para isso vai ter de derrotar o norte-americano Cameron Naasz – que é a grande revelação deste ano. Naasz vai jogar em casa, onda conta com vários estímulos que acredita que o ajudarão a coroar-se Campeão Mundial. “Sempre esperei que Saint Paul fosse a etapa final porque é em casa. Correr em casa é uma grande vantagem para mim porque ganho energia com o ambiente familiar.”

Já no setor feminino prevê-se uma corrida épica com o título em disputa por três atletas canadianas.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.