Na passada quarta-feira, foi inaugurado, no Hospital de São João, um centro de formação para profissionais cuja função é tratar de bebés prematuros.

Inserido no Neonatal Individualized Care and Assessment Program (NIDCAP), o projeto agora iniciado neste hospital da cidade do Porto, pretende desenvolver competências nos seus profissionais de saúde, de modo a implementar cuidados individualizados para o desenvolvimento do recém-nascido.

Da equipa selecionada para levar a cabo este projeto, fazem parte seis profissionais de saúde entre médicos, enfermeiros e psicólogos e têm a função de renovar os cuidados dados aos prematuros, tendo em conta o que aprenderam com profissionais norte-americanos, dando especial atenção a individualidade de cada bebe.

Deste projeto faz parte também uma forte componente emocional, permitindo uma grande participação dos pai,s no processo de desenvolvimento do prematuro. Para esta equipa, a família é vista como um elemento fundamental para ajudar a cuidar do bebé, também durante o tempo em que este permanecer na incubadora.

O projeto inicia agora no Hospital de São João, tendo a equipa a função de partilhar conhecimento com a restante equipa do serviço e mais tarde alargar esta formação a profissionais de outros hospitais do país e quem sabe de outros países.

Apesar da importância de um projeto como este para o desenvolvimento dos bebés prematuros, o arranque da iniciativa teve alguns contratempos relacionados com o investimento económico e até falta de pessoal disponível para as funções, tendo a sua inauguração sido adiada por um ano. Ultrapassadas barreiras, espera-se que seja possível desenvolver um serviço de excelência neonatal, apoiando da melhor forma o desenvolvimento de quem nasce antes do tempo.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.