O Instituto Nacional de Estatística (INE) está a realizar um inquérito sobre turismo internacional aos automobilistas, de forma aleatória, nas estradas da fronteira.

A ação conta com o apoio da GNR, que corta faixas de rodagem para facilitar as perguntas, e abrange também quem chega aos aeroportos e aos portos nacionais.

O INE referiu ao Jornal de Negócios que se trata de uma “operação estatística oficial desenvolvida de acordo com a lei do sistema estatístico nacional, sendo obrigatória a sua resposta“.

O inquérito inclui questões sobre o dinheiro gasto no destino, a escolaridade e nome dos passageiros e condutor da viatura, e data de entrada e saída.

O método escolhido permite a “realização de entrevistas presenciais por amostragem e dirigidas aos viajantes que transitam nas principais fronteiras aéreas, marítimas e rodoviárias”, explicou o Instituto.

As entrevistas são realizadas por um entrevistador credenciado pelo INE, em locais próximos da fronteira e de paragem das viaturas.

O inquérito tem como objetivo “estimar o número de residentes e de não residentes que atravessam as principais fronteiras nacionais, conhecer o perfil dos viajantes e suas deslocações, bem como obter uma estrutura de repartição de gastos turísticos internacionais por principais rubricas de despesa”, disse o INE ao Jornal de Negócios.

O Instituto destacou ainda que os resultados “visam satisfazer não só as necessidades para asestatísticas de turismo e transportes, como proporcionar informação para as Contas Nacionais, nomeadamente no que se refere à atualização da Conta Satélite do Turismo, bem como para a estrutura de ponderadores do Índice Harmonizado de Preços no Consumidor”.

BZR, ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.