Um cliente insatisfeito com a aparência da prostituta que ele contratara ligou para a polícia de West Midlands (Inglaterra) a reclamar. Segundo ele, a mulher não se parecia com a que estava na foto da propaganda dos seus serviços sexuais.

“Ela não se descreveu da forma correta e estava totalmente adulterada. Ela era basicamente feia”, prostestou o cliente ao telefone, de acordo com o jornal “Express and Star”.

O polícia que o atendeu advertiu o cliente que ele estava a infringir a lei ao acionar o serviço de emergência para tal reclamação, mas o sujeito insistiu em protestar. Segundo ele, a prostituta violou o Código de Defesa do Consumidor, já que a “qualidade não havia sido satisfatória”.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.