Mitta Diran, uma jovem indonésia de 24 anos, morreu depois de trabalhar mais de 30 horas seguidas em dormir.

Segundo o jornal El Mundo, a jovem trabalhava na agência de publicidade Young & Rubicam em Jacarta e aguentava as suas maratonas de trabalho graças ao consumo de bebidas energéticas.

A sua última mensagem no Twitter foi publicada no passado dia 14 e dizia: “30 horas de trabalho e continuo fooorteeee”. Uma hora depois caiu no chão com um ataque cardíaco provocado pelo cansaço. Entrou num coma do qual nunca acordou.

O escritório de Jacarta da Y&R encerrou na segunda-feira seguinte para que os funcionários pudessem assistir ao funeral de Mitta, escreve ainda o jornal espanhol.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui