Há 20 anos, o filho de Duane Scrock morreu com Sida, com apenas 46 anos. Anos antes de falecer, em 1989, enviou um postal que esteve em circulação durante quase três décadas até chegar, só agora, à caixa de correio deste norte-americano da Virginia.

Schrock mudou várias vezes de residência, o que terá ajudado a complicar a tarefa dos serviços portais, na hora de o encontrar para entregar o postal. Quando o leu, pouco tempo depois do dia do pai deste ano, ficou emocionado.

No postal pode ler-se: “Querido pai, não falámos já há algum tempo. Eu estou bem e muito feliz em Richmond. Gostava de ter notícias tuas. Tem um Feliz Dia do Pai, com amor, Duane.

“A relação entre pai e filho era um pouco tumultuosa, mas o pai não deixa de afirmar que “queria ver o filho no céu”. Duane vê este postal como “um sinal dos céus a dizer que o filho está bem”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui