O Departamento de Alimentação e Nutrição do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) dá início a uma parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS) ao nível da nutrição e obesidade infantil, por um período de quatro anos.

A obesidade infantil tem vindo a preocupar grande parte dos países europeus, no nosso país e segundo o estudo da APCOI (2013-2014) que contou com uma amostra de 18.374 crianças. Destas 33,3%, com idades compreendidas entre os 2 e os 12 anos, têm excesso de peso e 16,8% são obesas. De acordo com a Comissão Europeia, Portugal está entre os países da europa com maior número de crianças obesas.

Tendo em conta a urgência de ação no sentido de evitar o alargamento destes valores, o INSA junta-se à OMS por um período de quatro anos, no combate ao excesso de peso.

Durante o tempo válido desta parceria serão organizadas “ações de divulgação de resultados nesta área, a organização de eventos técnico-científicos relacionados com a obesidade infantil, o apoio na identificação e divulgação de boas práticas a nível nacional, com vista à prevenção da obesidade infantil e à promoção do envelhecimento saudável

Para além destas áreas de ação, o INSA pretende ainda colaborar na monitorização da composição de alimentos, especialmente a nível da quantidade de sal, teor de iodo e gordura presentes na alimentação comum.

Para o Instituto Ricardo Jorge a sua escolha para esta parceria é motivo de grande orgulho, uma vez que a seleção dos centros colaborativos é feita de modo criterioso, tendo em conta o trabalho realizado por estes, o que revela a qualidade de ação do INSA.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.