Hoje, completa a sua centésima edição. O iPressGlobal, dentro do objetivo proposto aquando da sua criação, continua a dar cartas. Agora mais maduro e responsável, mas com um espirito jovem e irreverente. 

Nada se consegue sem esforço e dedicação, essas têm sido até ao momento, as características de todos os que no embalo e no carinho dispensado ao iPressGlobal, continuam teimosamente, a levar este projeto o mais longe possível ao maior número de leitores, dia após dia.

A todos sem excepção, em nome do iPressGlobal – Semanário Online, quero agradecer a colaboração de todos os que até aqui, dedicaram o seu tempo – por vezes sem que esse mesmo tempo estivesse disponível – sacrificando os momentos de lazer ou os momentos em família. Em prol deste sacrifício, o Nosso Jornal chegou mais longe, já é reconhecido em determinados meios onde outrora não passava de um ilustre desconhecido!

Cem edições, umas mais fortes, outras menos. Mas com garra e determinação, empenho e perseverança.

Em nome do iPressGlobal, quero também agradecer a todos os leitores, fieis ou ocasionais. Todos são importantes, todos têm o seu peso. No somatório geral, esses mesmos participantes, levaram o iPressGlobal a valores de visitas, comprovados estatisticamente, inimagináveis há um ano atrás.

COLABORADOR DO ANO

Não obstante o mérito e empenho de todos os nossos colaboradores, não poderia terminar este editorial sem realçar o esforço infinito, demonstrado por alguém que, incansavelmente se dedicou e vestiu a camisola do iPressGlobal a 101%. Com orgulho e respeito, quero felicitar e agradecer do fundo do coração à personalidade do ano desta publicação online: Mário Tavares. É atualmente diretor adjunto e fotojornalista do iPressGlobal, mas mais do que isso, é parte integrante da alma que eleva e agita este Jornal. Obrigado Mário, venham mais 100!

O iPressGlobal conta convosco! Obrigado!

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.