Combatentes palestinos em Gaza dispararam nesta sexta-feira foguetes em direção a Jerusalém e a Tel Aviv, levando Israel a mobilizar 75 mil reservistas para uma possível ofensiva terrestre contra o enclave palestino.

No terceiro dia de sua operação “Pilar de Defesa”, o Exército de Israel manteve os ataques aéreos a Gaza e bloqueou todas as estradas em torno do território, perto de onde já estão posicionados blindados de transportes de tropas, tanques e bulldozers.

No total, 30 palestinos morreram e 280 ficaram feridos após três dias de ataques aéreos (cerca de 500), indicaram fontes médicas, enquanto três israelenses também perderam a vida na queda de um foguete disparado a partir de Gaza contra o sul de Israel.

Redação iPressGlobal

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui