Início Atualidade Nacional Jornalista do DN agredida pelo presidente da Junta de Guifões

Jornalista do DN agredida pelo presidente da Junta de Guifões

Jornalista do JN foi agredida, pelo presidente da Junta de Freguesia de Guifões, quando fazia a cobertura da reunião da Comissão Política Concelhia do PS de Matosinhos, que indicou António Parada como candidato socialista à Câmara Municipal de Matosinhos.

Segundo o Jornal de Notícias, a reunião foi marcada para a sede da Junta de Guifões e começou cerca das 21.30 horas. Uma vez que se tratava de uma reunião à porta fechada, mas a jornalista Carla Soares foi convidada pela tesoureira da Junta de Freguesia, a assistir aos trabalhos e cumprir o seu trabalho jornalistico.

Por volta das 22.30 horas, Carla Soares foi confrontada com uma situação estranha e violenta. Um indivíduo que não se identificou naquele momento, mas que imediatamente foi reconhecido como sendo o presidente da Junta de Guifões, Carmim Alves do Cabo – este entrou no gabinete e deu-lhe ordem de expulsão.

Visivelmente perturbado, apagou as luzes da sala, arrancou o telemóvel da jornalista, tendo-o arremessado contra uma parede. Toda a ação foi testemunhada pela tesoureira da Junta. Foi ela, aliás, a impedir o autarca agressor de atirar com o computador da jornalista ao chão.

Carla Soares, no entanto, não conseguiu evitar a agressão física por parte do autarca e apresentou ainda na noite de sexta-feira, uma queixa à PSP contra Carmim Alves do Cabo.

Redação iPressGlobal

SEM COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentárioCancel reply

Exit mobile version