Marcel Fernandes Filho estuda Física na Universidade Federal de Santa Catarina e concluiu a tarefa em 18,19 segundos.

O brasileiro Marcel Fernandes Filho, de 18 anos, entrou no livro Guinness World Records ao conseguir o título da pessoa que mais depressa consegue digitar uma mensagem num telefone portátil, tendo atingido a marca de nove carateres por segundo.

Numa entrevista à agência EFE, Marcel Fernandes Filho, garantiu não estar “viciado” em tecnologia, mas admitiu que a habilidade o ajuda todos os dias nas suas atividades “sem perder a concentração”.

“Não me considero um viciado. Faço outras coisas e não passo o dia a digitar num telefone móvel”, contou o jovem que vive na pequena cidade de laguna, no estado de Santa Catarina, sul do país e fronteiro com a Argentina.

Para conseguir registar o seu recorde, o brasileiro utilizou um teclado da empresa Sleksy que, segundo o próprio, é mais “especializado, preciso e revolucionário” e pode ser obtido gratuitamente para plataformas Android e IOS.

O brasileiro foi convidado pela empresa a procurar o registo no Guinness World Records que foi obtido no final de Abril em Nova Iorque e homologado na quinta-feira pelo organismo internacional depois de digitar um texto de 160 letras sem cometer erros.

Marcel Fernandes Filho estuda Física na Universidade Federal de Santa Catarina e concluiu a tarefa em 18,19 segundos, tempo ligeiramente inferior ao conseguido por um outro jovem norte-americano.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.