Um jovem foi esfaqueado na tarde desta quinta-feira à porta de uma escola secundária da Amadora. O principal suspeito foi levado para a esquadra da PSP e haverá mais quatro detidos.

A PSP confirma a morte de um jovem de 20 anos, que seria ex-aluno da Escola Secundária de Seomara da Costa Primo, na Amadora. Houve também outro jovem ferido, que entretanto teve alta do hospital, devido aos confrontos que tiveram lugar em frente à escola.

O alegado agressor, que terá usado uma faca, foi conduzido à esquadra da PSP da Amadora, mas “não está detido porque não tinha a arma consigo”, acrescenta. Uma outra fonte da PSP garante haver no total quatro detidos, todos jovens residentes em bairros da Amadora.

A vítima morreu já no interior da escola, depois de ter sido esfaqueada à porta do recinto escolar. “Podem estar em causa rixas antigas entre grupos rivais.”

Entretanto, o corpo do jovem já foi retirado da escola, onde permaneceu várias horas, foi para o Instituto Nacional de Medicina Legal de Lisboa.

Mónica Colaço, jovem moradora num prédio fronteiro à escola, contou à Lusa que os desacatos começaram num descampado contíguo ao estabelecimento, onde existem muitas pedras.

A PSP montou um dispositivo à entrada da escola, tendo mais de meia centena de populares ocupado o passeio fronteiro à entrada do estabelecimento de ensino, alguns dos quais amigos ou conhecidos da vítima mortal.

Segundo a PSP, os dois grupos rivais tinham-se envolvido em confrontos na quarta-feira, em Queluz, tendo continuado hoje as agressões entre os jovens.

A Polícia Judiciária já tomou conta da investigação.

 

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui