A SOBA é gerida por jovens, na maioria estudantes, que incluíram no seu modelo de negócio a meta de levar água potável às comunidades de Angola que não tem acesso à mesma.

A recém lançada marca de roupa angolana SOBA é mais um excelente exemplo de startups lusófonas desenvolvidas por jovens, que além de trazerem ao mercado produtos com forte identidade, optaram por incluir no seu ADN a responsabilidade social e a interação com a comunidade.

Parte relevante dos lucros obtidos na venda de cada peça de roupa, irá financiar a aquisição dos inovadores filtros SOLVATTEN (uma tecnologia de filtragem de água potável criada na Suécia). Estes jovens dizem que têm como objectivo ensinar o povo angolano a usar esta nova tecnologia e oferecê-la para que possam assim melhorar o seu estilo de vida e reduzir o índice de mortalidade infantil.

Afirmam que, “com este projecto, vamos tentar adquirir 100 unidades de SOLVATTEN e oferecer água potável a estas comunidades. A tecnologia funciona com energia solar e não têm nenhum processo químico incluindo o que vai sem dúvida ajudar.”

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.