Perto de trinta jovens envolveram-se numa ação de limpeza da praia do Portinho da Arrábida, em Setúbal, que resultou na recolha de cerca de uma tonelada de detritos.

Durante as três horas desta iniciativa ambiental, os participantes, alunos do curso de Técnicas de Cozinha/Pastelaria da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, munidos de sacos de 120 litros e protegidos com luvas, percorreram os acessos e estacionamento automóvel, as zonas rochosas, o areal e a linha de água.

Vidro, plástico, cartão, papel, madeiras, embalagens, maços de tabaco, isqueiros e pontas de cigarro foram alguns dos resíduos recolhidos pelos voluntários. Os alunos foram ainda surpreendidos com a presença de seringas, fraldas, cordas, preservativos, tampões e pensos higiénicos.

No final da ação foram encaminhados pelos serviços da autarquia, trinta sacos com cerca de uma tonelada de lixos para triagem. Este resultado deveu-se a voluntários como a Catarina, que se juntou aos colegas para recolher o lixo junto das rochas que delimitam uma das extremidades do Portinho da Arrábida, eleito em 2010 uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal e vencedor na categoria Praias e Falésias.

“Por que razão as pessoas deitam lixo junto dos caixotes de lixo?” Esta foi uma das questões mais ouvidas entre os jovens
“Por que razão as pessoas deitam lixo junto dos caixotes de lixo?” Esta foi uma das questões mais ouvidas entre os jovens

“Por que razão as pessoas deitam lixo junto dos caixotes de lixo?”, questionou, indignada, enquanto apanhava os resíduos nesta que foi a primeira vez que participou neste tipo de ação ambiental.

Sara, acompanhada de duas colegas, levou de casa uma motivação extra para completar a tarefa, um dispositivo de música. Além de plásticos variados e latas de cervejas e de refrigerantes, a jovem encontrou cápsulas e uma garrafa de azeite. “Nunca pensei achar as coisas que já achei”, desabafou outra participante, Madalena, quando se deparou com uma zona, atrás de uma rocha pintada com o desenho de várias mulheres, que “mais parece a casa de alguém”, com um fogareiro, uma faca, um saco-cama e um colchão.

A ação de limpeza do Portinho da Arrábida, integrada no projecto Eco-Escolas, pretendeu alertar os mais novos para a necessidade de defesa e preservação da biodiversidade e despertar consciências para o problema da poluição marinha.

Para a concretização da atividade, a Câmara Municipal de Setúbal facultou aos participantes sacos de recolha de resíduos sólidos urbanos e luvas.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.