foto: Aude Guerrucci / EPA //

A assessora de Trump, conhecida por estar no centro de várias polémicas, volta a dar que falar, desta vez por estar ajoelhada num dos sofás da mítica Sala Oval, na Casa Branca, durante um encontro entre representantes de universidades.

 Depois de ter usado a expressão “factos alternativos” para justificar a fraca adesão dos americanos no dia da tomada de posse de Donald Trump, de ter inventado o “massacre de Bowling Green” para justificar as leis anti-imigração do Presidente e até de apelar, na televisão nacional, para que as pessoas comprassem a roupa de Ivanka, a assessora de Trump soma e segue nas polémicas.

Desta vez, Kellyanne Conway foi a principal protagonista de um encontro entre o Presidente dos EUA com representantes de universidades, que decorreu na Casa Branca, por causa da postura despreocupada que demonstrou durante a reunião.

A assessora foi fotografada num dos sofás da mítica Sala Oval, ajoelhada, com os sapatos calçados, enquanto tirava fotografias com o seu telemóvel aos ilustres convidados.

As fotografias geraram uma onda de críticas nas redes sociais, com vários internautas a questionar a postura da assessora, acusando-a de ter falta de respeito e decoro.

 Alguns utilizaram mesmo o termo “etiqueta alternativa” para descrever o momento.

ZAP // Sputnik News

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui