Acreditar até ao fim! O FC Porto continua a difícil perseguição ao líder Benfica, quando faltam apenas duas jornadas para o fim do campeonato. Com esta derrota, esperada com certeza, o Gil Vicente mantém intactas as suas ambições na luta pela manutenção.

Num jogo de sentido único, mesmo com os azuis-e-brancos a jogarem com pouca intensidade, o resultado é totalmente justo. Jackson voltou a marcar a diferença, desta vez com um “bis” e com um golo de levantar o estádio, um pontapé de bicicleta fechou o resultado quando faltavam apenas 4 minutos para jogar. Pelo meio, ou melhor, logo nos primeiros minutos da partida, na sequência de um penalti que Ricardo Quaresma desperdiçou permitindo a defesa do guardião gilista Adriano, Jackson abriu o activo.

Nota de destaque para a faixa levantada pelos Super Dragões a meio do jogo onde se poderia ler “Para voltarmos a triunfar, o nosso ADN temos de recuperar”, mensagem clara que o ninho do Dragão está agitado.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.