foto : Etienne Laurent / EPA

Esta segunda-feira, Emmanuel Macron voltou a criticar Jair Bolsonaro enquanto presidente. Durante uma conferência de imprensa coletiva com o presidente do Chile, Sebastián Piñera, o presidente francês afirmou que o comentário de Bolsonaro sobre a sua mulher foi “triste” e “extremamente desrespeitoso”.

“As mulheres brasileiras sem dúvida têm um pouco de vergonha [do seu presidente]”, disse o líder europeu, citado pela Folha de São Paulo, acrescentando ainda que os brasileiros “merecem um presidente que esteja à altura do cargo”.

A resposta de Macron surge depois de Bolsonaro ter partilhado um comentário de um utilizador no Facebook sobre a esposa do presidente francês, Brigitte Macron, 24 anos mais velha.

No sábado, o utilizador publicou uma fotografia de Macron e Bolsonaro acompanhados das respetivas mulheres, com a legenda: “Agora entendem por que Macron persegue Bolsonaro?”. O presidente brasileiro respondeu: “Não humilha cara. Kkkkkkk”, fazendo referência às diferenças de idades entre os dois casais – Brigitte Macron tem 66 anos e Michelle Bolsonaro tem 37.

De acordo com o Jornal Económico, a publicação foi criticada pela imprensa francesa, que acusou Jair Bolsonaro de ser sexista.

O conflito entre Macron e Bolsonaro teve início depois de o presidente francês ter criticado o presidente brasileiro pela falta de inação no combate aos fogos na Amazónia. Macron considerou que a Amazónia precisa de uma melhor gestão para acabar com o “ecocídio” que está a acontecer na floresta amazónica, e ameaçou opor-se ao acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul.

A tomada de posição do presidente francês não foi bem recebida pelo seu homólogo brasileiro que acusou Macron de “mentalidade colonialista” e de querer usar os fogos para proveito político próprio.

ZAP //

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui