O lago Poyang, o maior de água doce da China, está desde o início de Janeiro completamente vazio devido à seca extrema. O lago, com uns impressionantes 3.500 quilómetros quadrados, é uma das maiores atracções da região de Jiangxi.

De acordo com a Beijing News, a seca não é a única responsável pelo esvaziamento do lago. Uma nova infra-estrutura de armazenamento de água, construída no reservatório da maior barragem do mundo, a Three Gorges, também terá estado na origem do estranho fenómeno.

Agora, os turistas podem visitar, a pé, o pavilhão construído no meio do lago. Até agora, apenas o barco garantia esta visita. A seca revelou ainda uma antiga ponte de pedra, que se encontrava escondida debaixo de água.

Com 2,9 quilómetros, a ponte de pedra data de 1631, é feita de granito e foi uma das 1000 pontes construídas, então, pela dinastia Ming.

A seca está a afectar as pessoas que dependem desta água para sobreviver, as zonas húmidas e crescimento da vegetação local. Segundo a Beiking News, a indústria da pesca foi “dizimada” pela seca.

A falta de peixes é também uma péssima notícia para a ecologia e biodiversidade local. Mais de meio milhão de pássaros migrantes, que normalmente param em Poyang, não têm alimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui