Vivemos numa fase de pouca facilidade de obtenção de um posto de trabalho, um lugar em que se possa demostrar a nossa capacidade de empenho, pró atividade e conhecimento. A frase “ falta de experiência” e em outros casos “ experiência a mais” tornam-se lugares comuns para quem, sem experiência em áreas diversificadas, se candidata a um posto de trabalho no qual nunca trabalhou e para quem com a sua vasta experiência se torna ameaça para a entidade patronal. Preso por ter cão e preso por não ter, diria eu!

Estou convicta que em muitos casos as pessoas apenas precisam de uma oportunidade, independentemente da formação base e da experiência, pois nada os impede de se adaptarem a uma nova situação e de aprenderem novas formas de trabalho.

No entanto, esta oportunidade nem sempre surge e as necessidades de sobrevivência levam alguns à emigração e outros a tão badalada onda do empreendedorismo.

Empreender a palavra que mais se escuta nos últimos tempos. Nos jornais, televisão, universidades e nas conversas de café falasse de empreendedorismo. Empreender parece a forma mais inovadora de se adaptar à nova era. Há apoios para projetos empreendedores, os governantes alertam para a necessidade crescente de empreendedores no país, jovens candidatam-se a concursos de ideias empreendedoras, mas estaremos todos cientes do que realmente é ser empreendedor? Esta capacidade de inovar e arriscar, acreditando em si e no seu projeto é algo que nasce com cada um de nós ou algo que se aprende em detrimento de uma necessidade? Será que os verdadeiros empreendedores só nasceram desta crise, ou muitos deles só não se reconhecem nesta “palavra da moda”?

Talvez a grande aprendizagem relacionada com este conceito se prenda com a crescente necessidade que o ser humano tem de aprender a confiar em si e nas suas capacidades, acreditando no seu sucesso pessoal e profissional. Quem confia arrisca, torna-se inovador e quer ir além, sem medo de falhar ou errar. Afinal empreender é dar um passo na construção de si mesmo!

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.