O mau tempo em Portugal Continental causou hoje um morto e 21 feridos, dois deles graves, e 46 desalojados, além de estragos em casas e viaturas, informou a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), no mais recente balanço.

A vítima mortal é um idoso de 85 anos, que morreu em Abrantes, após ter sido projetado para o chão pelo portão da casa, impelido pela força do vento.

Os dois feridos graves são dois turistas que foram atingidos em Sintra por uma árvore que caiu.

Seis bombeiros ficaram igualmente feridos, mas sem gravidade, no decurso de trabalhos de socorro, precisou à agência Lusa o Adjunto Nacional de Operações da ANPC, Miguel Cruz, adiantando que o mau tempo provocou 46 desalojados temporários.

NOTICIA AGÊNCIA LUSA
FOTO Mário Cruz/Lusa
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui