Em 2005, a marca de pneus Michelin anunciou um investimento de €43 milhões numa fábrica exclusivamente dedicada à produção do Tweel, um pneu que nunca fura.

O projecto, então amplamente noticiado, tem sido gerido com bastante cautela pela multinacional francesa, mas o Smithsonion adianta que a produção do pneu para fins comerciais iniciou-se já em Novembro. Segundo o site, o Tweel é um misto de pneu e roda e dura até três vezes mais que os pneus normais. Ainda assim, ele ainda não está pronto para ser utilizado por veículos que circulem a mais de 80 km/h, pelo que apenas poderá servir para carros com funções muito específicas – em testes o Tweel mostrou-se instável a grandes velocidades, aquecendo em demasia e produzindo um barulho desagradável.

Ao contrário dos pneus normais, o Tweel utiliza uma combinação de raios deformáveis de poliuretano, um aro exterior de aço e borracho, e um cubo metálico rígido. A parte exterior da roda transporta a maior parte da carga, enquanto os raios e o cubo distribuem a carga entre as diferentes partes do feixe de corte, à medida que os pneus rolam sobre os objectos.

O pneu que comercializado chamar-se-á X-Tweel e é uma variação da invenção original. Poderá ser usado por veículos que circulem a velocidades inferiores a 80 km/h.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.