As tenistas portuguesas Michelle Larcher de Brito e Maria João Koehler garantiram hoje um lugar no quadro principal do Open dos Estados Unidos, quarto e último torneio do Grand Slam, após terem superado a fase de qualificação.

Em Flushing Meadows, Nova Iorque, Larcher de Brito, 118.ª jogadora mundial, bateu a britânica Elena Baltacha, 224.ª do “ranking”, por 4-6, 7-5 e 6-1, num encontro que durou duas horas e 31 minutos. Com este resultado, a número um portuguesa, 12.ª cabeça de série do “qualifying”, alcançou a terceira presença no quadro principal do torneio norte-americano, no qual atingiu a segunda eliminatória em 2009, ficando pela primeira em 2010.

Aparentemente mais simples foi a tarefa de Maria João Koehler, 126.ª da hierarquia e 18.ª pré-designada do “qualifying”, que ultrapassou a australiana Olivia Rogowska, 152.ª jogadora mundial, com um duplo 6-2, em uma hora e 22 minutos.

Koehler vai integrar o quadro principal do US Open pela primeira vez, depois de nos últimos dois anos ter ficado pela fase de qualificação.

As duas tenistas portuguesas juntam-se ao vimaranense João Sousa, 96.º do “ranking”, que teve entrada direta na competição e que vai defrontar na primeira ronda o búlgaro Grigor Dimitrov, 25.ª cabeça de série.

O US Open arranca na segunda-feira, em Nova Iorque, e prolonga-se até 09 de setembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui