Em julho, a Microsoft anunciou que ia cortar nos postos de trabalho e já começou a cumprir esta ‘promessa’. Cerca de 2.100 postos começaram por ser eliminados, mas no total serão 18 mil, noticia a BBC.

A Microsoft anunciou que vai eliminar 2.100 postos de trabalhos segundo o plano anunciado em julho que visa cortar, no total, 18 mil postos de trabalho, ou seja, cerca de 14% dos trabalhadores. O objetivo é o de alcançar uma maior agilidade e rapidez, informa a BBC.

A área de Seatle sofrerá o corte de 747 postos de trabalho e o restante irá acontecer à volta do mundo.

A maioria dos cortes resulta da fusão da Microsoft com a Nokia, realizada em abril deste ano, um negócio que rondou os 5,2 milhões de euros. O CEO Satya Nadella explicou que esta opção é para simplificar a forma como a empresa funciona.

Os cortes terão um custo de 856 milhões de euros e a medida vai ter impacto também na administração.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.