Com vento, temperaturas frescas e com a constante ameaça da chuva, Oliveira já tinha colocado o seu nome no topo da tabela de tempos nos momentos iniciais do treino, não fosse a pista ficar molhada. Contudo, o piso manteve-se seco e a dez minutos do fim teve lugar os suspeitos do costume passaram para a frente, o que levou o piloto da Mahindra ao quinto posto.

 Não satisfeito e sabendo que o potencial da MGP3O era maior, Miguel Oliveira voltou a apresentar uma volta muito rápida que o colocou de novo no topo. Pouco depois, outro piloto igualou a marca, mas ninguém conseguiu bater o jovem português, que assim se tornou no primeiro piloto luso da história a garantir uma pole position em qualquer uma das categorias do Campeonato do Mundo.

 “Ontem tivemos algumas ideias do que alterar na afinação da moto para melhorar o comportamento e mudanças de direcção, mas esta manhã as condições estavam tão más que não houve forma de as verificar,” começou por adiantar Oliveira que antes tinha como melhor qualificação o segundo posto da grelha em Le Mans, já este ano.

  “Contudo, durante a tarde pareceu funcionar. Foi uma boa qualificação e penso que merecemos esta primeira pole. A moto está a apresentar prestação muito boa, sem pontos fracos. A corrida de amanhã será muito difícil; nunca se sabe o que pode acontecer em grandes grupos de pilotos, mas vou dar tudo o que tenho.”

Hoje, como não poderia deixar de ser, estou muito contente. É a primeira pole da minha carreira e isso cria boas expectativas, não só para mim como para o projeto e equipa. Obrigado a todos pelo vosso apoio!

FORÇA MIG # 44

 

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.