- Pub -

Com uma estratégia de crescimento sustentado, apostando em 2017 em  todas as classes do campeonato do Mundo,  Moto3 , Moto 2 e MotoGP não esquecendo a Red Bull Cup,  a KTM prova que não é “apenas” uma grande fábrica de motos de Todo o Terreno, como as vitórias sucessivas no Dakar o provam.

Na classe de Moto 2,  a  KTM  e a sua equipa Ajo Motorsport, contam com o português Miguel Oliveira que brilhantemente conquistou o vice campeonato de Moto3 o ano passado e com o Sul Africano Brad Binder  líder isolado do campeonato de Moto3 com 106 pontos de vantagem   .

Miguel Oliveira: “Estou muito satisfeito por estar de volta à família Red Bull KTM Ajo e a uma equipa muito profissional que levou a muito sucesso. A minha melhor época até ao momento foi com eles. Estou muito feliz e agradecido ao Aki (Ajo) e à KTM por me terem escolhido e confiarem em mim para o arranque deste ambicioso projecto com a KTM Moto2. Acredito muito neste novo projecto, que terei uma grande equipa ao meu lado, e que conseguiremos alcançar os melhores resultados. Vou dar tudo o que tenho nesta nova aventura e estarei de novo a partilhar a boxe com o Brad (Binder), uma excelente pessoa e piloto, e estou certo que vamos trabalhar muito bem em conjunto para conseguir levar a KTM ao topo.”

Desejamos as maiores felicidades à KTM e ao piloto de Almada,  neste novo projeto que começa  oficialmente no dia 16 de Novembro em Valência, altura em que  pode testar pela primeira vez as sua nova KTM.

- Pub -

Deixe o seu comentário