foto: MotoGP™

Após ter sido excluído da prova de Misano do Campeonato do Mundo Moto2 ™ no passado dia 9 de Setembro, o Presidente da FIM convocou o piloto italiano Romano Fenati para a sede da FIM em Mies (Suíça) para explicar o porquê do seu comportamento lamentável ao tentar apertar a manete de travão  do compatriota Stefano Manzi em plena corrida.

FIM : “ Tendo em conta a natureza chocante do ato do Sr. Fenati, a FIM depois do tempo que considerou necessário para refletir sobre o incidente, que provocou fortes emoções em todo o mundo do motociclismo, a  FIM decidiu convocar o piloto para a sua sede em Mies (Suíça), a fim de discutir a situação antes de tomar qualquer decisão que a FIM possa considerar apropriada”.

Da reunião da FIM poderão surgir ainda mais penalizações a acrescentar à que já decidiu, ao penalizar o Italiano que será  impedido de correr nos próximos  2 grandes prémios e a  equipa MV Agusta rescisdiu o contrato com o impetuoso italiano que iria correr com as suas cores no próximo ano em Moto2.

Da reunião poderão surgir ainda mais penalizações, já que o italiano foi impedido de correr os próximos 2 grandes prémios.

Também a equipa MV Agusta que vai regressar ao MotoGP com uma mota na classe intermédia Moto2 , rescindiu o contrato com Romano Fenati.

“Em todos os anos que tenho de assistir a este desporto, nunca vi um comportamento tão perigoso como este”, disse Giovanni Castiglioni, presidente da MV Agusta. “Um piloto que pode actuar assim nunca poderá representar os valores da nossa empresa e da nossa marca. Por este motivo, não o queremos como piloto com o qual a MV Agusta regressará  ao campeonato mundial.”

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.