foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVE

Francesco Bagnaia (SKY Racing Team VR46), cumpriu as previsões ao dominar a corrida de Moto2 , aproveitando a vantagem de correr em casa.

Quanto ao piloto português Miguel Oliveira (Red Bull KTM Ajo) ,  depois de mais uma vez não ter aproveitado no dia anterior as primeiras voltas para fazer um tempo decente aproveitando a borracha na pista como fez o seu rival Bagnaia, partiu da P9 da grelha, mas fez o que nos tem habituado….uma corrida de trás para a frente, onde um arranque de sonho o colocou ao fim da 2ª volta na terceira posição.

Bagnaia cerrou os dentes nas primeiras voltas e ganhou uma vantagem que se revelou impossível de recuperar, Mattia Passini  (Italtrans Racing Team) ainda o tentou acompanhar  e  Miguel Oliveira com o depósito cheio da sua KTM também perdeu  preciosos segundos neste inicio de corrida.

Como uma sombra  o alemão Marcel Schrotter  (Dynavolt Intact GP) que arrancou da 2ª posição , aproveitou o andamento do português para o seguir durante praticamente toda a corrida. Entretanto  Alex Marquez (EG 0,0 Marc VDS) perde o controlo da sua Honda Kalex, sai da pista e perde a possibilidade de lutar pelo pódio.

A 9 voltas do final , Passini foi começando a perder andamento e Miguel Oliveira não perdoou, passando o italiano, não sem que este desse luta na parte sinuosa da pista.

Depois de alcançar a 2ª posição Miguel Oliveira manteve o ritmo forte, mas Bagnaia avisado pela box, aumentou o seu e a distancia de 3 segundos  manteve-se.

A luta pela melhor posição na corrida não se limitou às posições da frente,  a 3 voltas do fim Romano Fenati (Marinelli Snipers Team) , tem uma atitude incompreensível, ao em plena reta depois de se desentender com o compatriota  Stefano Manzi (Forward Racing Team),  aperta-lhe a manete do travão da frente… o que  levou a organização da corrida a exclui-lo da corrida com uma bandeira preta.

Na última volta, com o vencedor definido, o alemão Schrotter ,  tenta o impossível e vai em frente numa das curvas que antecede a reta final , Miguel Oliveira mantém um enorme sangue frio, evita o toque e recupera a 2ª posição  mantendo também o 2ª lugar no campeonato.

A próxima corrida será em Espanha no próximo dia 23 de Setembro o Gran Premio Movistar de Aragón , um circuito onde Miguel Oliveira alcançou o pódio .

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.