As condições climatéricas adversas tornaram corrida de Silverstone uma lotaria na qual Miguel Oliveira acabou por terminar em 13º.

A chuva que se fez sentir no dia de corrida acabou por ter grande influência no resultado final do português da Red Bull KTM Ajo que, depois de partir de nono da grelha, acabou por terminar a corrida em 13º e somar três pontos, isto apesar de ter chegado a rodar em 23º.kent2

Miguel Oliveira: “Nas corridas molhadas temos de ter boas sensações com a moto e isso não aconteceu hoje. Estive tenso desde o início e não consegui ser tão rápido como queria. Estava apostado em terminar, acontecesse o que acontecesse, e no final conseguir somar três pontos que não ajudam muito, mas podem ser importantes mais tarde. Da próxima vez que chover espero ter melhores sensações. Agora temos de pensar em Misano. Espero que seja uma corrida normal e que sejamos capazes de um bom resultado.”

Danny Kent voltou a estar bem acima dos rivais e nas complicadas condições de Silverstone e venceu a sexta corrida do ano.

Danny Kent: “As últimas quatro o cinco voltas foram complicadas porque foi quando a chuva caiu com mais intensidade. Em ver de termos zonas molhadas, tínhamos verdadeiras poças de água e a moto estava a escorregar por todos os lados. É uma vitória fantástica, Kornfeil2a melhor da minha carreira até ao momento! É um sonho; se há corrida no calendário que se quer ganhar é o Grande Prémio em casa. Todo o fim‑de‑semana foi magnífico, com todos os fãs a darem-me apoio; esta vitória é para eles, para a minha família e patrocinadores.”

Jakub Kornfeil atacou forte no início do Octo GP de Inglaterra para terminar em segundo na chuva depois de ter partido de 13º.

Jakub Kornfeil: “Foi muito, muito difícil. Não tive grandes sensações desde o início da corrida. Queria fugir com o Kent para que ninguém me conseguisse apanhar, mas não foi possível. Quando vi que me estavam a apanhar nas últimas voltas tentei apenas manter-me na moto e ser inteligente. Tentei ser mais rápido, mas não consegui! A chuva começou a cair com mais intensidade e surgiram poças de água, pelo que foi complicado ser mais rápido.”antonelli2

O transalpino Niccolò Antonelli voltou a subir ao pódio em Inglaterra após ter-se estreado a vencer na República Checa há duas semanas, levou a cabo uma difícil corrida com a chuva em Silverstone, lutando nos momentos finais por um lugar no pódio. O piloto da Ongetta-Rivacold acabou por garantir o terceiro lugar e o segundo pódio consecutivo, o que lhe vale o sexto posto do Campeonato neste momento.

Niccolò Antonelli: “Tentei dar luta ao Jakub, mas era rápido e tinha que arriscar demais. Arrisquei muito durante toda a corrida. Na última volta creio que vi o Bagnaia cair, mas não tinha a certeza. Vi o Jakub, mas era demasiado difícil passá-lo, pelo que me conformei. Estou muito contente já que cometi muitos erros nos treinos e parti para a corrida de 18º. Foi perfeito para mim.”

 

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.