O Tribunal Disciplinar Internacional da FIM (CDI) proferiu no dia 31 de março de 2020 a decisão de suspensão por dezoito meses ao piloto italiano de MotoGP, Andrea Iannone, com data de início a 17 de dezembro de 2019 (ou seja, a data efetiva da suspensão provisória) e que terminará a 16 de Junho de 2021.

Após o teste de doping de rotina realizado no  Grand Prix World Championship realizado em Sepang, Malásia, no dia  3 de novembro de 2019, Andrea Iannone acusou Drostanolone metabolite 2α-methyl-5α-androstane-3α-ol-17-one,, uma substância proibida pela WADA que se insere na rubrica “S1. Agentes anabolizantes, 1. Esteróides androgênicos anabolizantes (AAS), a. AAS exógenos ” de acordo com o Código antidopagem da FIM.

Além da suspensão, Iannone foi  desclassificado pela FIM nos  Grandes Prémios de Sepang (Malásia) e Valência (Espanha), com a perda de todos os resultados obtidos que incluem  medalhas pontos e prémios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui