foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVES

No final de um fim‑de‑semana difícil, Miguel Oliveira recebeu a bandeira de xadrez em Silverstone na 16ª posição. A apenas uma posição de conseguir pontuar, o piloto de Almada deixa solo britânico com o objectivo de, em conjunto com a equipa da KTM, ‘virar’ a seu favor a próxima etapa do campeonato, no Motorland, em Aragón.

Após se ter qualificado na 20ª posição, o piloto de Almada enfrentou as 20 voltas ao mais longo traçado do campeonato do mundo com 5,9 Km, com o foco claro de tentar recuperar o mais possível ao longo da corrida. Cedo colocou a sua KTM na 18ª posição e, na últimas três voltas, subiu duas posições, terminando na  16ª posição, naquela que foi a primeira corrida que terminou na pista inglesa.

Miguel Oliveira (Red Bull KTM Factory Racing): ‘Não foi a corrida que queríamos, pelo menos o resultado. Senti que não tinha tracção desde os primeiros momentos. Este fim‑de‑semana não consegui mesmo fazer nada e agora vamos continuar a trabalhar com atitude positiva e virar a tendência a nosso favor em Aragón.’

Miguel Oliveira e a equipa da KTM pensam já no próximo desafio do campeonato, a realizar no circuito  Motorland, em Aragón, dentro de quinze dias. Antes, Miguel Oliveira irá fazer a sua estreia numa competição automóvel em circuito, mais propriamente nas 24 Horas de Barcelona, no próximo fim‑de‑semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui