Cal Cruchlow talvez ainda mais motivado pela assinatura do contrato de 2 anos com a Ducati, conseguiu a sua segunda pole da carreira no MotoGP™ no Grande Prémio  Bwin da República Checa. O piloto da Monster Yamaha Tech3 vai contar com a companhia de Álvaro Bautista, da GO&FUN Honda Gresini, e de Marc Márquez,da  Repsol Honda Team, na primeira linha da grelha, seguidos de  Dani Pedrosa e Jorge Lorenzo.

Depois  as duas primeiras sessões de sexta-feira Crutchlow mostrou-se descontente com o depósito de combustível montado na sua moto, mas parece ter resolvido o problema ao conseguir  a pole position para a  corrida.

No entanto, Álvaro Bautista esteve perto do britânico, quando seguiu Marc  Márquez e rodou abaixo do recorde da pole de Lorenzo de 2012. Após paragem nas boxes  Crutchlow acabou por bater a marca  de Batista em  mais de dois décimos ao rodar em 1m55,527s.

Com Bautista na primeira linha pela segunda vez em três jornadas, o líder do Campeonato e vencedor das últimas três corridas, Márquez, conseguiu bater o seu companheiro de equipa e vencedor do ano passado em Brno, Dani Pedrosa, por 5 milésimos de segundo  8 0,005seg.)  e Lorenzo por 18 milésimas ( 0,018seg). Esperava-se mais do  Campeão do Mundo Lorenzo, especialmente  depois de ter testado neste circuito durante a paragem de Verão e de ter começado na sexta-feira como o mais rápido.

Cal Crutchlow “Não tem sido um fim-de-semana fácil; temos trabalhado para melhorar a moto e temos progredido e sido mais rápidos em todas as sessões. Senti-me mesmo bem naquela volta e estabelecer a melhor volta do traçado é um feito fantástico para toda a equipa,” afirmou o britânico

“Sinto que esta é uma verdadeira pole porque Jorge não esteve em Assen, mas agora sabe muito bem ser o mais rápido de todos em pista. Estou desejoso pela corrida; o objetivo é terminar no pódio como no ano passado.

 Álvaro Batista “Esta manhã senti melhorias na afinação da moto e tivemos melhor aderência no pneu traseiro. O meu ritmo com o pneu  usado esteve bem e depois quando montámos os pneus novos na qualificação conseguir tirar partido deles.”

O espanhol acrescentou ainda: “ Foi divertido e espero fazer um bom arranque  e rodar à  frente o máximo de tempo possível. Senti-me muito bem com a moto, pelo que espero ter sensações semelhantes amanhã na corrida e manter o ritmo quando os pneus começarem a ficar gastos.”

 Dani Pedrosa “Não estou totalmente contente porque estava confiante e determinado para lutar pela pole .“Não consegui tirar partido do segundo conjunto de pneus porque havia muito tráfego em pista e alguns pilotos estavam à minha espera em fila. Mas as coisas são assim – um dia sou eu que os sigo, noutro é o contrário! No que toca à corrida, sinto-me confiante porque estou confortável na moto e tenho bom ritmo. Se a corrida for a seco, então estou pronto para lutar pela vitória.”

Grelha de Partida

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.