Marc Márquez consagrou-se, aos 20 anos e 63 dias, como o piloto mais jovem a vencer uma GP na categoria rainha do Mundial, destronando o americano Fast  Freddie Spencer, que detinha o recorde desde o Verão de 1982.

Marc Márquez: “Depois de conseguir o meu primeiro pódio no Qatar estava muito feliz, mas hoje ainda estou mais, depois da minha primeira vitória! Foi melhor do que esperava e estou muito grato à equipa pelos seus esforços ao longo da pré-temporada, trabalhamos muito duro e sem esse trabalho, esta vitória não teria sido possível.  A corrida foi muito intensa e física, já que segui Dani

marquez

durante muitas voltas até que, quando faltavam dez, decidi lançar um ataque e tentar ganhar algum avanço. Não consegui fugir, como queria, pelos problemas  na frente da mota que sofremos ao longo do fim de semana. No entanto, fomos capazes de conseguir a vitória.

Estes 25 pontos são muito importantes, mas mais importante é  ter conseguido a vitória na minha segunda corrida de MotoGP. Estamos conscientes que será mais difícil nos circuitos que se seguem, mas vamos dar cem por cento em todos eles. A nossa luta não é o Campeonato do Mundo, é dar o máximo em todas as corridas e aproveitar e desfrutar os momentos.

Dani Pedrosa: “A corrida de hoje foi boa e estou feliz com este segundo lugar. Conseguimos uma grande ritmo, embora soubéssemos que Marc estava muito forte. Tentei fazer a minha corrida e vi que no final perdia muito tempo nas curvas enlaçadas. Estava a ficar desgastado fisicamente e não me podia mexer bem com a moto, especialmente na primeira parte do circuito.

Na segunda parte do traçado, recuperava mas não o suficiente.  Além disso, numa das últimas três voltas cometi um erro, perdi um segundo e meio e também o contato com Marc Nessa altura, a corrida acabou para mim. Ainda assim, estou feliz, a minha condução foi muito boa e melhorarei em comparação com Qatar. Tenho de felicitar Marc porque o que ele fez  foi genial. Agora vamos preparar Jerez que é um circuito que gosto muito.

Jorge Lorenzo conquistou em Austin, com o terceiro lugar na corrida de MotoGP,  o pódio 100 da sua carreira, um número que o coloca como o oitavo piloto com mais pódios na história, atrás de Valentino Rossi ( 178), Giacomo Agostini (159), Angel Nieto (139), Phil Read (121), Dani Pedrosa (113), Mike Hailwood (112) e Max Biaggi (111).

lorenzo 100 podiosO campeão espanhol, no entanto, não foi capaz de comemorar este importante feito, com uma vitória.

Sobre a corrida, Jorge disse que “Nos treinos estávamos longe de Dani e Marc, mas na parte da manhã no warm up que encontramos algo. Mudámos a estratégia e nas curvas lentas que fazíamos em 1ª velocidade, decidimos fazer em 2ª, que permitiu melhorar as sensações e a aceleração, mas não foi o suficiente, faltaram um par de décimos para irmos mais rápido, e poder lutar com as duas Honda “, explicou.

Jorge quis felicitar Cal, que nunca se deu por vencido até ao final, e também Marc, o piloto mais jovem da história a vencer um grande prêmio, é um fenômeno”

Sobre o pódio, ele disse que “é um dia importante para mim, nunca pensei que eu iria conseguir este número de pódios, hoje é um dia mágico. O tempo passa tão rápido, parece que foi ontem que consegui a minha primeira vitória e meu primeiro pódio no Brasil, em 2003, passaram 10 anos e agora tenho chegou a 100, é incrível. ”

Valentino Rossi: “Estou otimista, agora vêm os circuitos que nos são favoráveis ​​ ”

rossiDepois da sua excitante corrida,  no Qatar há duas semanas, quando terminou em segundo depois de uma enorme recuperação, Valentino Rossi teve de se contentar com o sexto lugar em Austin. “Esta é uma pista difícil para nós. Esperávamos algo melhor, mas foi uma corrida muito difícil porque  tive muitos problemas com os travões da frente. Tinha uma vibração muito forte quando travava, e perdi um bocado do disco da frente, mas não é desculpa.

Sabia que esta corrida tinha de ir na defensiva, sabemos que quando não podemos atacar, temos de terminar entre os cinco primeiros, mas desta vez fiquei em sexto. O saldo das duas primeiras corridas é positivo, estou otimista para Jerez, e para os próximos circuitos que nos são um pouco mais favoráveis.

Classificação da Corrida

Desporto motorizado de duas rodas **Por Mário Andrade e António Vermelho **25/04/2013** mandrade@ipressglobal.com

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.