Uma incursão pela terra, deu ainda mais brilho à sétima vitória de Marc Márquez no circuito de Sachsenring.

Marc Marquez (Repsol Honda Team): “A dada altura da corrida, pensava que não a conseguiria acabar, mas no final consegui vencer e obter um resultado muito bom, considerando especialmente as posições de Valentino [Rossi] e Jorge [Lorenzo]. Estou muito feliz com a forma como a equipa  trabalhou, hoje fizeram um excelente trabalho a reparar a minha moto depois de a ter destruído  no warm-up. A  nossa estratégia de corrida provou ser a  perfeita. Foi uma corrida muito difícil, as mm 1condições da pista estavam muito complicadas e ainda com o flag-to-flag. Na primeira parte da corrida, no molhado, as coisas estavam um pouco mais  difíceis.

” Escolhi o pneu dianteiro errado para o meu estilo de pilotagem, mas fui capaz de trocar para slicks.  Fiquei muito cuidado nas primeiras voltas depois de mudar de mota, pois a linha seca era muito estreita e ainda havia muita água à superfície. É sempre muito difícil decidir quando trocar de moto, talvez a nossa chave foi trocar muito cedo, acho que fui o segundo piloto a fazê-lo, mas decidi arriscar e correu tudo bem. Terminámos  a primeira metade da época com o trabalho de casa feito e uma boa corrida, mas não devemos esquecer de preparar bem para a segunda metade do ano.”

Cal Crutchlow (LCR Honda): “Estava rápido, mesmo no seco, disse a todos que era o quarto mais rápido e estava correto. Para aqueles que estavam a assistir em casa e não acreditavam provei isso depois de partir da 13 posição da grelha. Sabia que ia ser uma corrida longa, por isso escolhi um pneu duro à carl1frente, a opção mais difícil. Poucos tiveram a coragem de fazê-lo porque nas primeiras voltas era muito perigoso. Sabia que iria ficar cada vez mais rápido como em Assen. Tentei manter-me concentrado e não olhei para as indicações das boxes nem uma vez.

“Segui os pilotos da frente e passei o Vale, e o Dovi e não me parecia que alguém nos pudesse bater. A equipa tem feito um grande trabalho, estou apenas  desapontado por não ter a minha esposa aqui, é a segunda corrida em nove anos que ela não vem, ficou em casa, a cuidar do nosso bebé,  pois está no final da gravidez  e não quisemos correr riscos.

Andrea Dovizioso(Ducati Team):” Fiz um grande e fiquei no grupo da frente depois da queda de Danilo  Petrucci (OCTO Pramac Yakhnich) liderei a corrida e  estava focado em puxar o dovi 2mais possível, sem gastar o pneu da frente, entrando o mais suave possível nas curvas e endireitar a moto o mais rápido. A pista começou a secar, mas fiquei concentrado nos pneus e perdi o melhor momento para trocar de moto. Provavelmente se entro pelo menos duas voltas antes poderia ter lutado para ganhar. Mas vamos olhar para o lado positivo de hoje: estamos em Sachsenring, uma pista onde as coisas nunca nos têm corrido bem, e agora estivemos várias voltas na liderança durante.Vamos  para casa com um pódio merecido, quero dedicar à minha equipa que trabalhou forte”.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.