foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVES

Aos comandos da sua KTM RC16 Miguel Oliveira conseguiu hoje na Catalunha um lugar na quarta linha da grelha de partida para o oitavo GP da época 2020. A cumprir a sua terceira prova consecutiva noutros tantos fins-de-semana o piloto de Almada conseguiu na terceira sessão de treinos livres uma fantástica terceira posição que o colocou de imediato na Q2.

Mas no momento decisivo a aderência da pista alterou-se por completo e quando realizava a sua volta rápida sofreu uma pequena queda na Curva 10 fruto do pouco à vontade com os pneus. De regresso à pista ainda tentou melhorar mas não o conseguiu e fico mesmo na 12ª posição.

Miguel Oliveira (Red Bull KTM Tech 3):‘Foi uma qualificação difícil. Esta manhã terminámos com muito boas sensações mas de tarde as condições alteraram-se um pouco e não me senti muito confortável cm o pneu médio dianteiro. Caí na minha volta mais rápidas na qualificação e perdi um pouco o ‘feeling’ o que ajudou a que não conseguisse fazer melhor que esta manhã. Estou um pouco desapontado com isto, mas temos uma corrida longa amanhã, que vai ser muito difícil e espero fazer uma corrida inteligente e chegar ao final o mais perto possível dos primeiros.’

Amanhã Miguel Oliveira enfrenta o oitavo confronto do ano arrancando da 12ª posição para exigentes 24 voltas ao traçado onde em 2012 conseguiu o seu primeiro pódio no mundial. Adivinha-se uma corrida muito complicada também pela aderência do asfalto que muitas vitimas tem feito ao longo de todo o fim‑de‑semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui