foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVES

Uma corrida cheia de garra e emoção até ao final foi o que nos proporcionou Miguel Oliveira que conseguiu hoje um brilhante e discutido sexto posto na despedida do Motorland do calendário 2020. Após ter qualificado na oitava posição o piloto da KTM lutou por cada uma das ultrapassagens que efectuou, e discutiu a quinta posição com Johann Zarco (Esponsorama Racing) que como sabemos, é um piloto para as quais as ultrapassagens devem ser muito bem calculadas, tendo o nosso Einstein falhado os cálculos por apenas 30 milésimas.

Miguel Oliveira (Red Bull KTM Tech 3):‘Estou feliz com a minha corrida, senti que podia ter ficado um pouco mais à frente, pelo menos em quinto, mas foi muito difícil para mim conseguir ultrapassar, demorou algum tempo, porque não foi fácil. Senti-me forte, competitivo e penso que foi uma grande reviravolta face ao fim‑de‑semana passado. Foi um consistente e muito bom momento para nós com a oitava posição na grelha e o sexto lugar na corrida, penso que fizemos um bom trabalho. Temos que estar satisfeitos mesmo se era possível ter conseguido um melhor resultado. Mas temos que olhar pelo lado positivo e levar o momento para as derradeiras três corridas do campeonato.’

A corrida foi ganha por Franco Morbidelli ( Petronas Yamaha SRT) seguidos das duas Suzukis de   Alex Rins e Joan Mir (Team SUZUKI ECSTAR).

Classificação MotoGP™        Classificação Moto2™       Classificação Moto3™

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui