foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVES

Novamente com dificuldades de tração no pneu traseiro da sua KTM RC 16 devido ao frio do asfalto no traçado do Motorland em Aragón, Miguel Oliveira fechou hoje a décima qualificação do ano na 18ª posição. Sem conseguir resolver os problemas de tracção que a sua moto evidencia desde o dia de ontem o piloto de Almada assinou na sua melhor passagem aos 5077 metros do traçado um registo de 1m48.131s, assegurando a 18ª posição na grelha de partida para o GP a realizada amanhã na pista espanhola.

Miguel Oliveira (Red Bull KTM Tech 3):‘Foi uma qualificação difícil. Deparei-me com as mesmas dificuldades que tinha tido ontem com um pneu novo. Tive muitas dificuldades para encontrar tracção na pista e junto com a equipa tentámos muitas coisas para o resolver, mas infelizmente parece que a direcção não era a correcta. Por isso vamos tentar de novo amanhã e esperar ter uma boa corrida.’

Foi Fabio Quartararo (Petronas Yamaha SRT) quem conquistou a pole-position por apenas imagine-se 0,046 seg. a  Maverick Viñales (Monster Energy Yamaha MotoGP) depois de ter sofrido uma queda na FP3.  De salientar ainda que Cal Crutchlow (LCR Honda CASTROL) de voltou à primeira linha da grelha de partida o que não acontecia desde o GP Americano de Austin 2019.

Grelha de Partida MotoGP™      Grelha de Partida Moto2™  Grelha de Partida Moto3™ 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui