Início Atualidade Destaque do dia MotoGP™ Qatar Airways Grand Prix of Qatar | Fernandez o...

MotoGP™ Qatar Airways Grand Prix of Qatar | Fernandez o mais rápido esta sexta-feira

foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVES

Depois de algumas fortes trovoadas na noite de quinta-feira, a ação em pista no recém-pavimentado Circuito Internacional de Lusail partiu esta tarde no solarengo Qatar para a penúltima ronda do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2023 e, mais tarde, na pista iluminada no escuro para os treinos cronometrados.

Miguel Oliveira da CryptoDATA RNF MotoGP Team  melhorou bastante ao longo do dia. De P15 no FP1, foi 3,6 segundos mais rápido no último treino, mas não conseguiu efetuar a volta ideal. O português falhou o top 10 e a entrada direta na Q2 por 0,682 segundos, mas sentiu-se bem a bordo da sua Aprilia RS-GP, apesar de ter cometido alguns erros na sua volta rápida.

Do outro lado da garagem da CryptoDATA RNF MotoGP Team Raul Fernandez, , brilhou mais do que os holofotes em torno da pista perto da capital do Qatar, Doha. Depois de já ter sido o quarto mais rápido no primeiro Treino Livre da tarde, onde a pista ainda estava por limpar de toda a borracha deixada pelas motos, melhorou muito na sessão de Treinos à noite. Foi quase quatro segundos mais rápido do que na FP1, quase alcançou o recorde da volta e foi o melhor da sessão no final do dia, o que fará com que o espanhol entre diretamente na Q2 no sábado.

Miguel Oliveira (CryptoDATA RNF MotoGP Team) DNF: “A moto estava a funcionar muito bem. Tinha uma boa aderência e uma boa estabilidade, mas cometi muitos erros e não consegui juntar as peças. Por isso, a sexta-feira foi difícil para mim, mas sinto que tenho a mota. Posso ser rápido para conseguir fazer uma volta amanhã e lutar por um lugar na Q2.”

Raul Fernandez (CryptoDATA RNF MotoGP Team) DNF:”A sensação que tive hoje foi a mesma que tive no passado, quando regressei. Este resultado é definitivamente algo que me ajuda a mim e à equipa. Mas temos de continuar a trabalhar, amanhã será um dia completamente diferente. Temos de manter a calma e trabalhar como sempre fazemos, não pensar nos resultados e tentar continuar a sentirmo-nos bem como hoje. Para mim, o mais importante é continuar a gostar de conduzir a mota. Se mantivermos o nosso desempenho assim, os resultados virão.”

SEM COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentárioCancel reply

Exit mobile version