O Circuito Termas del Rio Hondo,  foi generoso para a KTM que conseguiu o seu primeiro TOP 10 com Pol Espargaro   e para o  nosso Rookie Miguel Oliveira ao terminar num magnifico 11 lugar.

Pol Espargaró e a Red Bull KTM Factory Racing, garantiram o primeiro top 10  da temporada de 2019, mas também houve sorrisos na garagem da Red Bull KTM Tech 3, depois do rookie Miguel Oliveira ter terminado em 11º colado ao piloto de fábrica.

Oliveira pressionou durante toda a corrida Pol Espargaró que está na terceira temporada aos comandos da RC16, enquanto que o português faz a sua segunda corrida na categoria rainha, mantendo-se sempre colado ao espanhol, tática diferente da utilizada no Qatar, onde liderou as KTMs durante praticamente toda a corrida.

Conseguiu assim, os seus  primeiros pontos da temporada e ultrapassou Johann Zarco no Campeonato do Mundo, ao mesmo tempo está apenas a dois pontos do 5x Campeão do Mundo Jorge Lorenzo da Repsol Honda Team.

Miguel Oliveira (Red Bull KTM Tech3): “Em duas corridas, posso dizer com segurança que estou a adaptar-me muito bem. Sabemos que temos nossas dificuldades, mas já estou a lutar com o melhor piloto da KTM, que tem muito mais experiência do que eu, acho que isso mostra que me estou a adaptar bem à categoria e à moto. Penso que é definitivamente positivo este início de temporada. Tudo neste fim de semana foi muito apertado, mas conseguimos controlar a corrida. Optámos por um pneu médio para trás que sabíamos que não seria a escolha perfeita em termos de velocidade, mas pelo menos é um pneu consistente para a corrida, senti-me bem na moto. No final, estava perto de Pol e Aleix. Estamos definitivamente a trabalhar numa boa direção. ”

O Campeão do Mundo de Moto2 ™ de 2013, Pol Espargaró, ficou a apenas três décimos de segundo ao derrotar o seu irmão, Aleix (Aprilia Racing Team Gresini), em nono lugar e consequentemente igualar o melhor resultado da KTM em condições secas.

Pol Espargaró conseguiu pela primeira vez nesta temporada colocar a  KTM no Q2

Pol Espargaró (Red Bull KTM Factory Racing): “Satisfeito, com certeza. Um top 10, conseguimos alguns pontos e acho que conseguimos, não uma corrida incrível, mas uma boa corrida. Terminamos a 25 segundos de Marquez, mas a 15 segundos do segundo. Isto significa que é uma boa lacuna, estamos fechando a lacuna para as motas da frente. Ainda estamos perdendo em alguns pontos, estamos perdendo muita aderência e, nessas condições, é muito difícil, mas, como disse, o top 10 é bom. ”

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui