Depois de uma boa corrida na estreia do campeonato, onde rodou toda a corrida em posições pontuáveis, apenas sendo ultrapassado no final da corrida devido a problemas com o desgaste nos pneus, o nosso piloto de  MotoGP, está preparado para a segunda prova do campeonato de 2019.

O piloto português de Almada mantém aquele que foi o seu objetivo para a sua primeira corrida, no Grande Prémio do Qatar, e tem como foco para esta segunda etapa alcançar uma posição que o permita pontuar no Circuito de Termas de Río Hondo, na Argentina.

Miguel Oliveira (Red Bull KTM Tech3):“Este circuito será o primeiro no qual irei correr sem o testar primeiro. Acredito que será necessário termos uma abordagem diferente, pois é preciso adaptarmo-nos rapidamente às condições da pista e ao seu traçado. Conheço e gosto muito desta pista e isso irá permitir-nos descobrir melhor a moto. Estou confiante que será um fim-de-semana positivo. Iremos manter o mesmo foco e objetivos e lutaremos pelos pontos, tal como fizemos no Qatar. De momento, este é o meu foco: continuar a melhorar a minha condução, melhorar em conjunto com a equipa, com a moto e com todo o setup. Sinto-me confiante e pronto para lutar outra vez.” Miguel Oliveira

Hervé Poncharal, diretor de equipa, afirmou ter considerado a primeira corrida do campeonato do mundo de MotoGP e do piloto Miguel Oliveira como uma corrida muito interessante, na qual o piloto conseguiu aprender bastante. De acordo com o mesmo, as últimas sete a oito voltas foram complicadas e afirma fazer parte do processo de aprendizagem de um rookie de MotoGP.

A dupla da equipa Red Bull KTM Tech3 não testou ainda no circuito argentino, contudo o diretor de equipa da mesma recorda as boas memórias e sensações vividas na última época e afirma que a equipa está motivada com o inicio deste grande prémio e com o que podemos esperar dele. Para Hervé Poncharal, nunca a grelha de MotoGP foi tão competitiva, realçando que os objetivos da equipa passam por alcançar os pontos.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.